O que é Scrum?

O que é Scrum?

O Scrum é um framework bastante simples, mas capaz de gerenciar projetos de alta complexidade de forma ágil.

Mas como você pode se o seu projeto é complexo bastante para utilizar Scrum? Para isso vamos entender um pouco sobre os requisitos x tecnologias envolvidas na execução de projetos.

Quanto maior é o conhecimento dos requisitos e o domínio das tecnologias utilizadas maior é o domínio do projeto é menor é sua complexidade, pois todos os processos estão mapeados e todas as atividades pré-definidas. Nesse cenário é possível utilizar uma metodologia em cascata, onde uma atividade é iniciada após a execução da outra.

Mas se o seu projeto apresenta requisitos poucos conhecidos ou uma certa complexidade nas tecnologias empregadas, temos um cenário caótico, onde o Scrum pode se aplicado de forma a estabelecer atividades do projeto.

Agora se você não conhece os requisitos e tão pouco as tecnologias, estamos diante de um cenário de anarquia total, onde é impossível aplicar um projeto.

 

Continue lendo este artigo e saiba um pouco mais sobre a metodologia Scrum:

  • 03 Pilares – Transparência, Inspeção e Adaptação
  • Princípios fundamentais – papéis, eventos básicos e os artefatos gerados

scrum

“Sozinhos vencemos as vezes, mas em equipe vencemos sempre”

Conheça os 03 pilares da metodologia Scrum

Transparência

A transparência significa que todas as partes envolvidas no projeto devem conhecer de forma clara todo o trabalho em volta da execução e cumprimento das atividades definidas. Essa transparência nortear todas as etapas do projeto desde o início, onde o cliente – Product Owner, apresenta todas as funcionalidades esperadas para entrega do produto final. Portanto essa transparência é aplicada tanto nos processos como nos requisitos de entrega e status.

Inspeção

A inspeção no scrum é tão importante que faz parte do próprio sprint, reforçando a ideia de integração contínua. Constantemente tudo o que está sendo feito é observado, seja nas reuniões diárias ou no sprint revew.

Adaptação

Adaptar-se de maneira ágil é muito importante para um projeto de alta complexidade, pois a todo instante o produto que está sendo entregue sofre constantes mudanças. O processo também pode ser alguma forma de alteração desde que sejam respeitados os valores e práticas.

Princípios fundamentais do Scrum

O primeiro princípio pode ser descrito como papéis onde temos as figuras:

Product Owner

Esse é ponto central do projeto, que detém todos poderes de liderança sobre o produto, sendo responsável por decidir quais recursos e funcionalidades serão construídos e quais as ordens que eles devem ser feitos. Ele também é o responsável por comunicar e apresentar a todos os outros participantes uma visão clara do que a equipe está buscando alcançar no projeto.

Scrum Master

Já o Scrum Master faz um papel de coach, responsável por fazer com que todos os envolvidos entendam os valores, princípios e práticas adotados. Ele ajuda a equipe entender e definir a sua própria abordagem no Scrum. É um facilitador do processo, não é chefe de ninguém

Dev Team

No Scrum quem define como o escopo deve ser executado é o próprio time, não um gerente ou qualquer outra pessoa, assim a equipe está diretamente ligada ao resultado proposto. Essa é uma forma de auto-organização para alcançar da melhor maneira possível atingir a meta estabelecida pelo Product Owner.

Temos como segundo princípio os eventos, onde temos:

O Product Owner que é o responsável por promover a visão do produto

Sprint Planning

Nesse primeiro momento é realizada uma reunião entre o Product Owner, o Scrum Master e A Scrum Team, onde são apresentadas as funcionalidades do projeto e suas prioridades. Toda a equipe participa realizando perguntas que possam colocar todas as funcionalidades apresentadas de fato atividades técnicas.

Nem todos os itens precisam ser descritos pelo Product Owner, que poderá o fazer em outras oportunidades, neste somente as funcionalidades mais relevantes são levantadas. Com a definição dos objetivos dos sprints e as tarefas de cada um dos envolvidos, temos o Sprint Backlog, um artefato do scrum.

Execução Sprint

Após toda a definição e levantamentos do Sprint Planning passamos para a execução do sprint.

Daly Scrum

É uma reunião diária onde cada membro da equipe apresenta de forma rápida o que foi realizado no dia anterior e o que irá realizar no dia de hoje. Pessoal de outros departamentos podem estar presentes, mas não devem falar.

Problemas devem ser tratados de forma mais detalhada em um outro momento com menos pessoas.

Aqui a preocupação é em responder estas 03 perguntas:

  • O que você fez ontem?
  • O que você vai fazer hoje?
  • E existe algo que o impeça?

Não faz parte do objetivo simplesmente encontrar erros, e verificar o que está atrasado, no Daly Scrum, os membros da equipe assumem um compromisso com as demandas de cada Sprint.

Revisão Sprint

Ao final de cada sprint é feita uma revisão do que aconteceu, levantando um ponto de inspeção e adaptação. Durante esses eventos as partes interessadas discutem o resultado e o que pode ser alterado para o próximo sprint, estabelecendo a direção para criar as funcionalidades do produto.

Retrospectiva Sprint

Também no final de cada sprint cada equipe analisa o seu desempenho de maneira individual dentro dos processos e levantam fatores que dificultam a execução das tarefas estabelecidas para que sejam resolvidas e não impactem os próximos sprints.

O terceiro princípio está relacionado ao artefato que compõe o projeto, são eles:

Product Backlog

O Product Backlog é um artefato do Scrum que contém as funcionalidades do produto:

  • Os itens devem ser estimados
  • Funcionalidades de maior relevância devem ser bem detalhadas, já as que não tem tanta importância podem ser apresentadas de maneira mais superficial
  • É preciso apresentar de maneira bem clara as prioridades de funcionalidade

Sprint Backlog

Após definição do Product Backlog é criada uma lista de atividades a serem executadas no sprinto a fim de entregar o que foi definido pelo Product Owner. O Scrum master é o responsável por manter essa lista sempre atualizada. Diariamente é feito o levantamento do trabalho realizado e o que ainda falta ser feito é colocado em um gráfico de desempenho.

Incremento/Entrega

Dá-se o nome de potencialmente lançável a cada entrega de sprint que deve apresentar de forma integrada os trabalhos de todas as equipes.

Integrar os trabalhos serve para que todos mantenham o foco no produto, aumentando a transparência, que como nós já vimos é um dos pilares do Scrum, além de agilizar todo o processo que foi construído de maneira flexível.

As melhorias podem ser aplicadas de forma contínua em um curtos espaço de tempo. Esse é o objeto real do Scrum. Flexibilidade de adaptação, agilidade e agilidade.

O Scrum pode utilizar diversas ferramentas como Kaban, um quadro na sua parede ou um software como o Trello, Wrike, que particularmente eu gosto bastante além de tantas outras.

Espero que a utilização do SCRUM possa te ajudar no desempenho do seu Curso Online!

Deixe seu comentário: